Somos Terapeutas de Reiki, somos Humanos! Na nossa formação, aprendemos que não nos podemos envolver emocionalmente com a dor do paciente. Mas, há dores que são muito fortes! 🙁

Durante o nosso primeiro Hospital de Reiki, apareceram muitos idosos, um deles com 86 anos e outro com 87 anos. Vinham sozinhos e passavam ali por acaso.

Com o Senhor “Manuel” de 87 anos, estava eu e a Raquel Castro.Falamos um bocadinho com ele e a cada frase que nos dizia, crescia uma enorme tristeza no nosso coração. As lágrimas e os soluços rompiam daqueles olhinhos pequeninos, a cada frase….

#O fim de vida é muito triste.#

#Estamos sozinhos, os dois com muitas dores e sofrimento. Os nossos filhos tem a sua vida! #

Quando o questionei se era dor da alma ele dizia:

# Tenho a alma em sofrimento porque fui má pessoa durante a minha vida!#

Contrariando a minha vontade de chorar, dizia-lhe que agora estava ali no miminho e ele respondeu:

#Oh, mas é só agora, depois nunca mais tenho mimo.#

Com a promessa de o chamar para receber Reiki, saí da sessão para que ele não me visse de lágrimas nos olhos!

O “António” de 86 anos também chegou sozinho e numa enorme solidão.

Estes e outros “velhinhos” precisam tanto do nosso miminho, do nosso Reiki que tanto os conforta!!