O chá vermelho, ou Pu-erh, é um chá envelhecido, pós-fermentado, originário de Pu’er na província de Yunnan, na China. O chá vermelho é considerado um Chá Medicinal, pela tradição chinesa. Este chá é também conhecido como “Chá Vivo”, pelos seus micróbios activos, que o vão transformando de ano para ano, originando benefícios como a restauração da energia e do equilíbrio.

Hoje em dia, a cultura ocidental dá muita importância a este chá apenas por ser um “devorador de gorduras” e por reduzir o colesterol, no entanto, o Pu-ehr é muito mais do que isso:

  • Movimentação do Chi, da energia interna;
  • Aquecimento do corpo;
  • Acelera o metabolismo do fígado;
  • Desintoxica o organismo ;
  • Antidepressivo;
  • Acção depurativa;
  • Facilita a digestão.

O seu aroma pode variar, desde floral, terra, fumo a “couro” e madeira. A sua cor pode ir de um amarelo dourado ao vermelho profundo. É um verdadeiro energizador do Corpo e para a Alma.

Os valores podem variar bastante devido à idade do chá, quanto mais velho mais caro, e também devido à própria casa comercial. Em Lisboa, no Chiado, pode ser adquirido por €30/Kg o que é um preço bastante razoável.

Passos da criação do Pu-erh:

  • Verde 青普: Fixação pelo Sol 曬青 > Enrolar 揉捻 > Secagem ao Sol 曬乾
  • Escuro 熟普: Fixação pelo Sol 曬青 > Enrolar 揉捻 > Empilhagem 渥堆 > Secagem ao Sol 曬乾
  • As folhas podem ainda ser comprimidas em “bolinhos” e envelhecidas.

Como fazer Chá?

Algo a ter em atenção antes:

  • Qualidade do fervedor;
  • Filtro de Chá (pano ou papel de preferência), isto será importante para o chá poder libertar o seu sabor, o chá avulso é melhor que o chá de saquetas;
  • Qualidade da água;
  • 1 colher de chá serve para uma chávena grande.

Como fazer:

  • Aquecer a água até 100ºC (por ser um chá vermelho);
  • Colocar o pacote com chá na caneca;
  • Despejar a água sobre a caneca, para auxiliar a libertação do sabor;
  • Deixar repousar a água durante cerca de 2 a 3 minutos, a duração irá também depender do sabor que gosta no chá.