Dizemos que Reiki é arte secreta de convidar a felicidade. E é mesmo!! Quando começamos a nossa prática sentimos mesmo isso, felicidade!!

E o Amor? Afinal o que é o verdadeiro Amor? Não aquele que sentimos pelos nossos filhos ou companheiros de vida, mas sim aquele que sentimos por todos!

Nunca procurei a felicidade, mas procurei sempre o Amor. No meu intimo, sinto que quando descubro Amor encontro a felicidade.

Quando entramos neste mundo da espiritualidade, neste mundo maravilhoso que é o Reiki, falamos muito de Amor incondicional. Dizemos que Reiki é Amor incondicional!

Quando me ligo a esta energia e olho para o meu coração, sinto esse Amor. Sinto-o em mim!! Sinto-o no meu respirar, no bater do meu coração, em todo o meu ser. E é nesse momento, em que me refugio no meu interior que sinto esta grande ligação ao universo, a tudo aquilo que me rodeia. Santo Agostinho dizia: “E dirigi-me a mim mesmo e disse: Tu quem és? E respondi-me: Homem. E eis que tenho à mão o corpo e a alma, um exterior e o outro interior. Porém, melhor é o interior”

E é isto que este Amor incondicional desperta em mim, um melhor interior, porque todas as boas ações, toda a manifestação do mais puro amor, vem do meu interior.

Hoje, para que eu sinta este Amor incondicional, primeiro vou cuidar do meu interior e só depois o posso levar aos outros.

Esta é a felicidade que encontrei com Reiki, o Amor que desperta em mim e por mim!

Ninguém sente este Amor, porque nos falam dele. Só o descobrimos quando nos entregamos a nós próprios!

Sílvia Oliveira