É conhecido como quartzo hialino, cristal de rocha, cristal quartzo, quartzo incolor ou límpido. Trata-se de uma variedade de quartzo incolor e transparente. É a variedade mais pura e o mineral mais abundante da Terra. O nome quartzo é de origem incerta, sendo a mais provável a palavra alemã quarz, que por sua vez seria de origem eslava.

O cristal quartzo é formado por seis faces que formam ângulos para se unirem numa ponta. Essas seis faces simbolizam os seis chacras e a ponta simboliza o chacra da coroa que faz conexão com o infinito. A maioria possui uma base achatada que foi a sua raiz na Terra. Muitas vezes, o cristal quartzo apresenta-se nebuloso ou leitoso na base e ganha maior claridade ao alcançar o ápice.

Há registos que, deste tempos muito longínquos, nomeadamente, na cultura egípcia, os cristais de quartzo já faziam parte de rituais de cura do corpo físico e energético. Na Grécia antiga, acreditava-se que o cristal de rocha era gelo que congelara; crystallos era a palavra grega para gelo. O quartzo foi considerado a “água sagrada congelada pelos deuses do Olimpo”. Outros povos antigos associavam o quartzo ao mundo dos céus e viam nele fragmentos desse reino.

Para os japoneses era a saliva e o hálito solidificados dos seus dragões sagrados. Na Índia, faziam-se elixires com a energia dos cristais de quartzo para auxiliar os tratamentos comuns da medicina. Historicamente, o quartzo foi universalmente utilizado como instrumento de adivinhação. Foi um dos materiais favoritos para facetar espelhos e bolas para prever o futuro durante a Idade Média e o Renascimento. Entre as esculturas mais famosas de quartzo estão os misteriosos crânios de cristal atribuído às antigas culturas da América do Sul e Central.

Os budistas e os brâmanes utilizavam-no para invocar os deuses, ao passo que os primeiros cristãos o relacionavam frequentemente com os conceitos de fé, castidade, inocência e lealdade.

Tem sido fundamental no desenvolvimento da tecnologia moderna. Durante a II Guerra Mundial, por exemplo, toneladas de quartzo brasileiro foram extraídas das minas para aparelhos de rádio.

A pura luz branca e translúcida emitida através dele permite que seja usado para qualquer finalidade. Associado ao chacra da coroa, pode ser utilizado em meditação para a abertura e elevação da consciência. O cristal quartzo tem um efeito ordenador e harmonizador em todas as partes do corpo com os quais entra em contacto. Como funciona muito bem em qualquer chacra, é considerado o “curandeiro universal”. Recebe, acumula, activa, amplifica e transmite energia, estimulando a função cerebral. Equilibra o lado emocional iluminando o nosso lado mais obscuro, clareando as ideias na resolução de problemas.

O elixir de cristal quartzo proporciona um elevado grau de limpeza em todo o organismo.

Ajuda a dissipar todas as áreas de desequilíbrio e estabelece a calma e a clareza da mente. Tem a capacidade de ampliar o poder das pedras que estão por perto.

PALAVRAS-CHAVE – PURIFICAÇÃO, LIMPEZA, EXPANSÃO